Blogspot Siga-me no Twitter FanPage no Facebook

Colunistas  Marcelo Kyrillos e Marcelo Moreira

voltar

Beleza & saúde

Detalhes sobre o colunista

Data: 18/09/2006

Título: Mau hálito: como tratar e prevenir

Novo aparelho é usado em consultório odontológico para analisar o hálito até de quem não sabe que tem o problema


É impossível não se sentir incomodado com o mau hálito. Qualquer conversa com um cliente, com o colega de trabalho, a namorada ou namorado e até o papo com os amigos acaba sendo evitado por causa deste problema que atinge mais pessoas do que se imagina. Parece até doença, mas não é. Na verdade, é um sinal de que algo está errado no organismo. E mais: cerca de 40% da população brasileira têm halitose crônica - o que significa que a pessoa não sente o próprio mau hálito.

Por isso, o Ateliê Oral passa a usar um pequeno aparelho chamado Breath Alert (halitômetro) para avaliar o hálito de cada paciente para prevenir, identificar e tratar a halitose de forma discreta e individual, antes que o mau hálito comprometa o desempenho profissional e crie dificuldades de relacionamento para quem enfrenta este problema no dia-a-dia.

Mais de 90% das origens do mau-hálito estão na boca, mas o que provoca o problema? E principalmente como é possível tratar e prevenir o mau-hálito? Sugerimos a Dra. Gabriela Schneider, do Ateliê Oral, para estas e outras perguntas que cercam o assunto e ainda demonstrar como funciona o aparelho que promete ajudar a enfrentar este problema tão comum e ao mesmo tempo tão constrangedor.

Data Título
18/09/2006 Mau hálito: como tratar e prevenir
09/12/2002 Clareamento dentário - dúvidas e respostas
 


Sexta  17.08.18
esqueci a senha
cadastre-se
associe-se
 


Termo de compromisso    |    Política de privacidade    |    Parcerias    |    Publicidade
Seja um colaborador

Copyright © 2002 Libardi Comunicação. Todos os direitos reservados.